quinta-feira, 21 de setembro de 2017

No Dia Mundial da Gratidão

Aproveito para agradecer a todos os meus familiares e amigos, sem excepções.
-
Dürer, The Stork (1515, Museu de Ixelles, Bruxelas)
-
De acordo com a Hieroglyphica de Horus Apollo, os escribas egípcios antigos representavam a cegonha como sinal de gratidão.
-
Cf. Simona Cohen,  Animals as Disguised Symbols in Renaissance Art, 2008, p. 71.
-

Allan McCollum, Thanks (Visible Markers)
-

Chocolates Merci

domingo, 17 de setembro de 2017

O meu tio, João Matos e Silva

Faleceu ontem e é uma imensa tristeza. 
Ficam boas memórias e muita saudade.
-
-
As mãos em nossas mãos
se entrelaçam
como as palavras para ser
poesia: num poema maior
por que amizade
um verso após um verso
em cada dia.
Assim iremos além da eternidade.
---
Poema de João Mattos e Silva (1987).

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Afinidades X

Henrique Pousão, Escadas de Capri (1882, MNSR)
-
John Singer Sargent, Staircase in Capri (1878, Sotheby's)

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Dos livros

-
“The very existence of libraries affords the best evidence that we may yet have hope for the future of man”
-

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Fotografia: Candida Höfer

Descobri outro dia esta fotógrafa alemã, nascida em 1944, e gostei muito da obra dela:
-
«Gli spazi parlano delle persone»
-
-
-


Imagens retiradas do artigo «Gli ambienti interni di Candida Höfer»
-
-
“To me these spaces have their own character and vitality, revealing in their displays the layers of time and the experiences through which they have come to be what they are, and they seem to resist such changes….I probably emphasize a sort of ‘permanent process of negotiation’ between space and its uses over time, but also more basically between light and space.”
-
Candida Höfer (2009) citada no artigo «Spaces: Photographs by Candida Höfer and Thomas Struth, June 12 – September 5, 2011», Sterling and Francine Clark Art Institute, Williamstown.
-
Sobre a artista ver, por exemplo: Ben Brown Fine Arts.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

1944

Parabéns para o meu tio, que faz anos hoje!
-
José Augusto de Sousa, Balaustrada Sul do Jardim de Malta (1944, Palácio Nacional de Queluz)
-
As Fontes 

"Um dia quebrarei todas as pontes 
Que ligam o meu ser, vivo e total, 
À agitação do mundo do irreal, 
E calma subirei até às fontes. 
Irei até às fontes onde mora 
A plenitude, o límpido esplendor 
Que me foi prometido em cada hora, 
E na face incompleta do amor. 
Irei beber a luz e o amanhecer, 
Irei beber a voz dessa promessa 
Que às vezes como um voo me atravessa, 
E nela cumprirei todo o meu ser."
-
Sophia de Mello Breyner Andresen, in Poesias I (1944)
-

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Enquanto ainda é Verão

Martinus Rørbye, Entrance to an Inn in the Praestegarden at Hillested (1844, Los Angeles County Museum of Art)
-
"The crickets felt it was their duty to warn everybody that summertime cannot last for ever. Even on the most beautiful days in the whole year – the days when summer is changing into autumn – the crickets spread the rumor of sadness and change."
-
E.B. White, Charlotte's Web.
-
Nota Pessoal: Espero que não venham aí dias tristes (apesar da chuva e do frio que costumam acompanhar a chegada do Outono), e mudança, se houver, que seja para melhor. Hoje lembrei-me desta canção:

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Árvore da vida

Janey Morris, Tree of Life (Tapeçaria do quarto de William Morris, em Kelmscott Manor)
-
«All theory, dear friend, is gray, but the golden tree of life springs ever green.»
-

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Dos crustáceos

-
«”Crustaceans are essentially giant sea bugs,” Tolland explained. “They’re a suborder of the phylum Arthropoda – lice, crabs, spiders, insects, grasshoppers, scorpions, lobsters – they’re all related. They’re all species with jointed appendages and external skelatons.”» 
-
Dan Brown, Deception Point, Pocket Books, p. 345.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Com votos de boa semana!

Cuno Amiet, Girl with Flowers (1896)
-
«We forget that nature itself is one vast miracle transcending the reality of night and nothingness. We forget that each one of us in his personal life repeats that miracle.»
-
Loren Eiseley, citado por Maria Popova (cf. Brain Pickings)

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Azul Safira

Jean Auguste Dominique Ingres, The Virgin of the Blue Veil (1827, Museu de Arte de Sao Paulo)
-
Edvard Munch, Woman in Blue (1921)
-
Adam Gottlieb Pollet, Medalhão (1784, Palácio Nacional da Ajuda)
-
Edouard Manet, The grand canal of Venice (Blue Venice) (1875, Shelburne Museum, Shelburne)
-
Adriano de Sousa Lopes, Céu Nublado (1910-1940, Museu Nacional Grão Vasco)
-
Companhia de Veneza Murano, Cesto (1866-1901, Palácio Nacional da Ajuda)
-
Karl Fabergé, Campainha (séc. XIX-XX, Palácio Nacional da Ajuda)
-
Pérsia (Teerão)?, Placa de Azulejo (Séc. XIX, Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves)
-
Henri Matisse, The Blue Window (1911, Museum of Modern Art, Nova Iorque)
-
Wassily Kandinsky, Sky Blue (1940, Centro Georges Pompidou, Paris)
-
Yves Klein, Globe Blue (1957)
-

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Grous

Japão, Tsuba em forma de grou (séc. XVII, Museu Nacional Machado de Castro)
-
Shen Quan, Pine, Plum and Cranes (1759, The Palace Museum, Beijing)
-
Jean-Baptiste Oudry, Demoiselle Crane, Toucan, and Tufted Crane (1745)
-
Jessie Arms Botke, Demoiselles Cranes and Lotus

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Bodas de marfim!

Botão de marfim com perfuração em V, Thólos de S. Martinho de Sintra (Calcolítico final, Museu Nacional de Arqueologia)
-
Escaravelho, Egipto (séc. VII-III a.C., Museu Nacional de Arqueologia)
-
Adoração dos Reis Magos (séc. XIV, MNAA)
-
Escritório (séc. XVI-XVII, MNAA)
-
Menino Jesus (séc. XVII-XVIII, Palácio Nacional da Ajuda)
-
-
Ambrósio Gottlieb Pollet, Anel com miniatura (1789, Palácio Nacional da Ajuda)
-
Conjunto de Xadrez "Barleycorn Pattern" (c. 1850)
-
Caneca (séc. XIX, Palácio Nacional da Ajuda)
-
Fortunato Pio Castellani, Travessa de cabelo (1860-1862, Palácio Nacional da Ajuda)
-
Bilheteira (2.ª met. séc. XIX, Palácio Nacional da Ajuda)
-
Meigyoku, Macaco "Netsuke" (c. 1865)
-
Leque Arte Nova (1901-1905, Museu Nacional do Traje)
-
Elefante Okimono, Japão (c. 1900)
-
Bom, e como sou contra a caça, nomeadamente de elefantes e pelo marfim, todas as peças que coloquei aqui são identificadas e datadas como antigas.