segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Lembranças da Figueira da Foz de 2017

A Vista do Forte de Santa Catarina
 -
E a vista do Hotel Oásis Plaza
 -
A praia da Claridade
-
O mar na Praia da Claridade, em dia de bandeira vermelha

E em dia de bandeira verde
-
O mar na praia de Buarcos (Lidl)
 -
Uma casa de Buarcos com uns azulejos engraçados

 -
A igreja de São Pedro em Buarcos e o seu relógio de sol

-  
O passeio pela praia, entre Buarcos e a Figueira da Foz (ou vice-versa)

sábado, 19 de agosto de 2017

1947

Para a minha mãe que faz hoje 70 anos :-)
-
Albert Rafols Casamada, El balcón (1947)
-
«The best remedy for those who are afraid, lonely or unhappy is to go outside, somewhere where they can be quiet, alone with the heavens, nature and God. Because only then does one feel that all is as it should be and that God wishes to see people happy, amidst the simple beauty of nature. As long as this exists, and it certainly always will, I know that then there will always be comfort for every sorrow, whatever the circumstances may be. And I firmly believe that nature brings solace in all troubles.»
-
Anne Frank, The Diary of a Young Girl (1942-1944)
-

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

De um passeio perto de Évora e pelo Neolítico



-
Anta do Zambujeiro - Monumento Nacional desde 22 de Novembro de 1971, é o maior monumento megalítico de que há conhecimento na Península Ibérica. Foi erigido entre o 4º e o 3º milénio a.C., mas a sua utilização prolongou-se até cerca de 1500 a.C.. O espólio, que aqui foi encontrado, encontra-se no Museu de Évora.



-
Cromeleque dos Almendres - Conjunto de menires, alguns com gravuras rupestres, que se distribuem de forma elipsoidal, com eixo orientado no sentido Este-Oeste. O seu significado deve estar relacionado com o ciclo do Sol e da Lua, provavelmente com carácter sagrado. A instalação deverá ter ocorrido cerca dos 6º e 5º milénio a.C.. 
-
 


-
A minha mãe que queria aqui voltar.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Das Palavras

Joseph Kosuth, Ex-libris, J. F. Champollion (1991)*
-
“Eu tinha vontade de fazer como os dois homens que vi sentados na terra escovando osso. No começo achei que aqueles homens não batiam bem. Porque ficavam ali sentados na terra o dia inteiro escovando osso. Depois aprendi que aqueles homens eram arqueólogos. E que eles faziam o serviço de escovar osso por amor. E que eles queriam encontrar nos ossos vestígios de antigas civilizações que estariam enterrados por séculos naquele chão. Logo pensei de escovar palavras. Porque eu havia lido em algum lugar que as palavras eram conchas de clamores antigos. Eu queria ir atrás dos clamores antigos que estariam guardados dentro das palavras. Eu já sabia também que as palavras possuem no corpo muitas oralidades remontadas e muitas significâncias remontadas [...].” 
-
Manoel de Barros (2003), Memórias inventadas: a infância, p. 21, in Helena Barranha, Património cultural: conceitos e critérios fundamentais, Lisboa, IST Press, ICOMOS-Portugal, 2016, p. 109.
-

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Diálogo

Vasile Dobrian, Dialogue 10 (1993)
-
“For millions of years, mankind lived just like the animals. Then something happened which unleashed the power of our imagination. We learned to talk and we learned to listen. Speech has allowed the communication of ideas, enabling human beings to work together to build the impossible. Mankind's greatest achievements have come about by talking, and its greatest failures by not talking. It doesn't have to be like this. Our greatest hopes could become reality in the future. With the technology at our disposal, the possibilities are unbounded. All we need to do is make sure we keep talking.”
-

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Mar & Arte

John Miller, Summer Haze
-
«A arte e a cultura aumentam a harmonia, a tolerância e a compreensão entre as pessoas.» 
-
In Matilde Asensi, O Último Catão, Lisboa, Dom Quixote, 2005, p. 593.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Do mar

Srihadi Soedarsono, Blue Sky and Sandy Beach (1972)
-
«The fishermen know that the sea is dangerous and the storm terrible, but they have never found these dangers sufficient reason for remaining ashore.»
-

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Em louvor da esperança

A pensar no meu tio, João Matos e Silva, que espero sinceramente que melhore.
-
Martinus Rørbye, Scene near Sorrento overlooking the Sea (1835, Nivaagaards Malerisamling)
-
«I believe that imagination is stronger than knowledge. That myth is more potent than history. That dreams are more powerful than facts. That hope always triumphs over experience. That laughter is the only cure for grief. And I believe that love is stronger than death.»
-
-

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Ainda Nolde


-
«A pesar de que la composición de Nubes rojas de Emil Nolde es muy similar a la de la mayoría de sus paisajes, en esta ocasión adquiere unas connotaciones simbólicas y nos permite verificar la maestría del artista para plasmar su estado de ánimo a través de la pintura. Por otra parte, la calidad de matices que logra Nolde aquí con la técnica de acuarela se ha puesto en ocasiones en relación con las aguadas del Lejano Oriente.
Como muchas de sus obras finales, esta acuarela de Nolde no está documentada y aunque no existen dudas sobre su autoría, no hay datos suficientes para poderla fechar. Peter Vergo afirma que se trata de un paisaje de Seebüll, en la Frisia del norte, el último lugar de residencia del pintor desde que había abandonado Utenwarf en 1927 y donde hoy se ubica la sede de la Stiftung Ada und Emil Nolde.
Esta obra fue comprada a la Sucesión del artista por el Dr. Max M. Stern, un afamado psiquiatra alemán emigrado a los Estados Unidos tras el advenimiento del régimen nazi, que a partir de los años cincuenta comenzó a coleccionar arte de todas las épocas, pero en especial del expresionismo alemán. En 1983 fue adquirida por el barón Thyssen a su viuda Liselotte Bendix Stern.»
-
Paloma Alarcó, Museo Thyssen-Bornemisza
-
-
-
Stilles Meer (1936)
-

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Para do Dia da Cerveja (que já passou)

Escultura egípcia (Ashmolean Museum)
-
«- Sabiam que a cerveja foi inventada do Antigo Egipto? (...) Não há nada melhor que beber um bom copo de cerveja antes de ir para a cama. Ajuda a conciliar o sono e é um relaxante natural.»
-
In Matilde Asensi, O Último Catão, Lisboa, Dom Quixote, 2005, p. 509.
-

Franz Hals, Two laughing boys with a beer mug (c. 1626-c. 1627, Museum Boijmans van Beuningen, Rotterdam)
-
Edouard Manet, Le Bon Bock (1873, Philadelphia Museum of Art, Philadelphia)
-
Anders Zorn, The Little Brewery (1890)
-
Juan Gris, Glass of Beer and Playing Cards (1913, Columbus Museum of Art)
-
-
I. L. Saloio, Caneca (1902, Palácio Nacional da Pena)

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

De um passeio a Conímbriga

Há cerca de 20 anos que já lá não ia e gostei bastante. Desejava voltar outra vez, mas com alguém sabedor do assunto, porque é pouca a informação disponível nas legendas - e já estudei estes temas há muito tempo.
-
Mosaico encontrado em 1899, que foi deslocado (assim como os dois que se encontram no Museu). Este era talvez da chamada Casa de Cantaber.
-
Casa da Cruz Suástica e Casa dos Esqueletos (séc. I-III) - não assinalei bem, mas julgo que estes mosaicos são da segunda:

-
Casa dos Repuxos (séc. I-II) - gostei muito de a rever, nomeadamente por verificar que ainda há vestígios de pinturas murais, para além da magnificência dos mosaicos:


-
Casa de Cantaber

-
No Museu:
  
 



Possível fragmento da Basílica Cristã do período hispano-visigótico.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Verde "peridoto"

Niklas Reiser, Mary of Burgundy (c. 1500, Kunsthistorisches Museum, Vienna)
-
Sarah Stone, Green parrot (1794)
-
Van Gogh, Green wheat fields (1890)
-
Picasso, Seated woman in green (1901)
-
Martiros Sarian, Seller of greens (1912, Tereshchenko Museum, Kyiv)
-
Kandinsky, Green emptyness (1930, Musée des Beaux-Arts de Nantes, Nantes)
-
Alfred Manessier, Blue-Green Lines on Aqua Background (1953)
-
Perle Fine, Black over green (1966)
-
Thomas Downing, Green melt (1966)
-
Donald Sultan, Six greens (2006)
-
Brincos no Etsy
-